minha cidade precisa de... Headline Animator

30 de jan de 2012

O arquiteto Ramos de Azevedo

Ramos de Azevedo. Fonte:
http://blogs.estadao.com.br/edison-
veiga/2010/08/18/ramos-de-azevedo/
Francisco de Paula Ramos de Azevedo (1851 - 1928) foi engenheiro, arquiteto, administrador, empreendedor e professor.
 
Em 1878 formou-se engenheiro-arquiteto pela École Speciale du Génie Civil et des Arts et Manufactures da Universidade de Gand (Bélgica).  O curso, ministrado por tratadistas franceses e belgas, é alinhado ao historicismo das escolas politécnicas européias, em que predominam o estilo neoclássico e o ecletismo. 

Foi responsável pela construção de muitas obras importantes na cidade de São Paulo e no interior do Estado, dentre as quais:
  • 1872 - Campinas SP - Trabalha na construção das primeiras secções das Companhias Paulista e Mogyana de Estradas de Ferro
  • 1881 - Campinas SP - Realiza o projeto do matadouro da cidade
  • 1883 - Campinas SP - Finaliza as obras da Igreja Matriz, emprega a taipa de pilão na execução da torre
  • 1890/1894 - São Paulo SP - Projeta a Escola Normal - I. E. Caetano de Campos, atual Secretaria Estadual da Educação, na Praça da República
  • 1891 - São Paulo SP - Realiza o projeto do Palácio do Governo
  • 1894 - São Paulo SP - Participa da fundação da Escola Politécnica
  • 1894 - São Paulo SP - Participa da fundação do Instituto Histórico e Geográfico
  • 1895/1897 - São Paulo SP - Realiza o projeto da Escola Politécnica, atual Edifício Paula Souza
  • 1897/1900 - São Paulo SP - Realiza o projeto do Liceu de Artes e Ofícios, atual Pinacoteca do Estado, em parceria com Domiziano Rossi
  • 1928/1935 - São Paulo SP - Realiza o projeto do Casa das Rosas
Pinacoteca do Estado, projeto: Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi Fonte:
http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/cultura_museus_pinacoteca
Fonte e lista mais completa de suas obras e atividades em:

Inclusive, o arquiteto projetou por sedes de fazendas na região de São Carlos (Ibaté, Dourado). Para ler mais sobre a "arquitetura campestre na obra de Ramos de Azevedo", clique no link.

Para saber mais (livros):
  • CARVALHO, Maria Cristina Wolff de. Ramos de Azevedo. São Paulo: Edusp, 2000. 406 p., il. color. p.b. (Artistas brasileiros, 14).
  • FABRIS, Annateresa. Ecletismo na arquitetura brasileira. São Paulo: Nobel, 1987
  • LEMOS, Carlos Alberto Cerqueira. Ramos de Azevedo e seu escritório. Apresentação Francisco Romeu Landi, José Carlos Valente da Cunha. São Paulo: Pini, 1993. 165 p., il. p&b. color.
  • LEMOS, Carlos Alberto Cerqueira. Alvenaria burguesa: breve história da arquitetura residencial de tijolos em São Paulo a partir do ciclo econômico liderado pelo café. 2. ed. rev. ampl. São Paulo: Nobel, 1989. 205 p., il. p.b.
  • LOUREIRO, Maria Amélia Salgado. A evolução da casa paulista e a arquitetura de Ramos de Azevedo. São Paulo: Voz do Oeste, 1981.
Para saber mais (vídeos youtube): 

27 de jan de 2012

1907 - Notícia sobre a construção do Matadouro

Jornal "O Democrata" de 4 de maio de 1907.
Imagem gentilemente cedida por Antônio Demeti.
Entre os documentos cuidadosamente guardados pelo cidadão douradense Antônio Demeti, o Déo, encontramos um jornal de 1907.

Esse jornal se chamava "O Democrata" e era publicado uma vez por semana em Dourado-SP. No exemplar número 30, de 04 de maio de 1907, encontramos uma nota sobre a construção do prédio do Matadouro Municipal.

Relembrando, o Matadouro de Dourado é um belo exemplar do patrimônio arquitetônico agroindustrial alimentar da cidade e do Estado. Hoje, seu estado de conservação se degrada. Mas é um prédio que precisa ser preservado.

A nota informa que a Câmara Municipal "aceitou a proposta de Domingos Fagnani Caetano Dabruzo e Francisco Gutilla para a construção do novo matadouro"

Assim, com base no jornal, hoje podemos saber que as iniciativas para a construção do Matadouro datam de 1907. Sabemos também que, naquela época, já se valorizava o projeto, pois a nota também informa que obra "vai ser construída de acordo com as plantas".

Para ler a nota completa clique na imagem para ampliá-la: 

Nota do Jornal "O Democrata" em detalhe.

26 de jan de 2012

Carta para pedido de homenagem

"Você gostaria de homenagear o sr. Tanaka dando seu nome ao Coreto da Praça Matriz?"

Últimos dias para assinar!!!
A carta poderá ser assinada até o dia 31 de janeiro!

Clique no link:

Foto histórica da "Corporação Musical" de Dourado!
Comemoração do aniversário da cidade, em 1962.
Foto gentilmente cedida por Antônio Demeti, o Déo.

25 de jan de 2012

Aberto Edital de Seleção do Cinema a Céu Aberto

Informação do blog "Cinema a Céu Aberto"

BOM DIA!

AVISO AOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DE CINEMA!

INFORMAMOS QUE ESTÁ ABERTO E SENDO DIVULGADO A PARTIR DE HOJE, DIA 24 DE JANEIRO DE 2012 O EDITAL DE SELEÇÃO DO PONTO DE CULTURA - CINEMA A CÉU ABERTO - COTAÇÃO PRÉVIA 02/2011.

O EDITAL SERÁ PARA A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA JURÍDICA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE MOSTRAS DE CINEMA E REALIZAÇÃO DE OFICINAS DE CINEMA.

O LINK DO EDITAL ESTÁ DISPONÍVEL NESTE BLOG E DÚVIDAS, CONTATOS E ENVIO DE PROPOSTAS SERÃO ACEITAS PELOS E-MAILS:

contato@tantriarte.com ou tantri.arte@gmail.com

Aos cuidados de Sra. Carina Bini 
(responsável pela Tantri Arte e Cultura)


Fonte da fotohttp://www.7sur7.be

Forum: Sustentabilidade Urbana

Fonte:
http://www.fstematico2012nh.org
Fórum Social Temático - Sustentabilidade Urbana
Novo Hamburgo - RS
25 de janeiro de 2012

O QUE É

"Em Novo Hamburgo, o Fórum Social Mundial Temático (FST) será realizado no dia 25 de janeiro, com uma programação que prevê atividades de debates e deliberações durante o dia, shows temáticos na parte da noite e feiras de biodiversidade, sustentabilidade e economia popular e solidária durante os três turnos.

O tema central dos debates desse dia será o da “Sustentabilidade Urbana” onde serão discutidos questões mundiais a partir das perspectivas locais, com a finalidade de construir um modelo alternativo de sociedade frente às mudanças globais."

Para ler o texto completo clique aqui

Para participar faça a sua inscrição num dos temas do link abaixo: 

24 de jan de 2012

Carros elétricos de aluguel

"Em Paris, Joana Calmon mostra mais uma inovação da prefeitura de Paris: o Autolib. A repórter testa o novo sistema de aluguel de carros elétricos. Uma possível solução para a mobilidade urbana" (reportagem do "Cidades e Soluções")

Veja o vídeo no site do "Cidades e Soluções"


Autolib, em Paris. Foto:
http://www.automobile-propre.com/2011/10/10/essai-autolib/

20 de jan de 2012

São Luiz do Paraitinga está 80% reconstruída

Dois anos após inundação, São Luiz do Paraitinga está 80% reconstruída
Reportagem de 02/01/2012, do Portal Brasil

Inundação em São Luiz do Paraitinga
em 2010. Foto: Rogério Marques.
Fonte: http://blogln.ning.com  
Dois anos após sofrer uma inundação que devastou boa parte de seu centro histórico, São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo, está com 80% de toda área atingida reconstruída, de acordo com a prefeitura da cidade.

Nos primeiros dias de 2010, uma enchente causada pela elevação das águas do Rio Paraitinga danificou cerca de 300 construções da cidade, desalojando e desabrigando cerca de 9 mil moradores – a população da cidade, segundo o último censo, é 10,4 mil pessoas. Boa parte do casario histórico, a Igreja Matriz de São Luís de Tolosa, a Capela das Mercês e o prédio da biblioteca foram destruídos.

O desafio agora, segundo a prefeitura, é de terminar a obra, principalmente a de contenção de cheias, que é um pouco mais demorada, já que envolve outras cidades.

Carnaval 2011 em São Luiz do Paraitinga.
Foto: VNews/G1
Fonte: http://www.revistareciclarja.com
A cidade era a única do estado a ter preservado um conjunto arquitetônico de construções do século 19 em bom estado e em grande número. As edificações eram fundamentais para a economia da cidade, que girava em torno do turismo, e para a realização das manifestações culturais locais, como os festejos do Divino Espírito Santo, o carnaval, as festas da Semana Santa e o Corpus Christi.

As edificações de São Luiz eram um raro registro histórico da primeira área de expansão da cafeicultura brasileira no século 19, no Vale do Paraíba. O período não é, geralmente, foco de políticas públicas de preservação de patrimônio, como ocorrem em cidades com construções do período colonial vinculadas à mineração mineira ou à economia açucareira nordestina.

19 de jan de 2012

“Construtor Verde” - Jogo online

Fonte da imagem: http://www.midiaeecologia.com/



Leia sobre o jogo aqui.







  • Seja o arquiteto do seu bairro. Construa prédios, defina as ruas, crie áreas verdes, customize a paisagem, planeje a urbanização mais harmoniosa e agradável.
  • Faça as escolhas corretas e aumente o seu nível no jogo.
  • Construa, venda e evolua. A cada conquista um novo leque de possibilidades vai ser abrir a sua frente. 

18 de jan de 2012

Ruas feitas para matar

Ótimo texto sobre a relação entre a largura das ruas e a velocidade dos automóveis: quanto mais largas, maior a velocidade, maior o perigo para o pedestre. 


Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/pra-la-e-pra-ca/ruas-feitas-matar-ou-deixar-viver-269934/

Alguns trechos do texto Ruas feitas para matar:

Foto: Rua dará mais espaço para a vida.
Thiago Guimarães
"O risco de acidentes fatais aumenta quando se permite que veículos motorizados trafeguem muito rápido. É muito pouco provável que alguém – seja um pedestre, seja o motorista – morra em decorrência direta de uma colisão com um carro a 10 km/h. Mas se esse carro andar a 50 km/h, o quadro muda bastante: é provável que pelo menos  o pedestre se machuque gravemente. E a 90 km/h, a probabilidade de morte de um pedestre é certa"

"Quanto mais larga a rua, maior a tendência de motoristas se sentirem livres para correr mais. É instintivo. Motoristas são impelidos a desenvolverem menores velocidades, se as ruas forem mais estreitas e sinuosas. Quanto mais largas e retas as ruas, maiores serão as velocidades e menor será o contato entre os moradores dos dois lados da rua. Não precisa nem de placa de trânsito para regulamentar, até porque se as normas não condizem com a forma geométrica da rua, não são respeitadas"

"por que não diminuir a velocidade permitida sobretudo nas vias que cruzam grandes aglomerados urbanos? Por que não diminuir a largura dos leitos destinados ao trânsito motorizado e ampliar o espaço para o trânsito de pedestres e de veículos não-motorizados, para o convívio dos moradores e para as áreas verdes? Ainda não encontrei ninguém – repita-se: ninguém – que explique por que seguimos fazendo justamente o contrário no Brasil. (Se você me ajudar a colocar esse assunto em discussão, quem sabe podemos encontrar respostas…)"

17 de jan de 2012

IPTU VERDE

Lei do IPTU VERDE de Bocaina-SP
Fonte: http://bocainaambiental.wordpress.
com/2011/02/22/iptu-verde/
O que é o IPTU VERDE:
Desconto no IPTU para proprietários que adotarem medidas sustentáveis em suas propriedades, como árvores e áreas de solo permeáveis. É uma medida simples, eficiente e educativa.

No Brasil, várias cidades já adotaram. São Carlos já se beneficia do IPTU VERDE desde 2008. Veja um trecho da reportagem de Nathalia di Buono Nicola:

"O programa "IPTU Verde",por exemplo, lançado em 2008, é um projeto de incentivo para que a população colabore em aumentar a área verde do município. Através dele, o desconto no Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU) pode chegar até 4% e é concedido para imóveis residenciais que possuem árvores na calçada e áreas permeáveis no terreno, jardim ou gramado". Para ler o texto completo clique aqui.

No Estado de São Paulo, Guarulhos, São Vicente, São Bernardo do Campo e outras também já adotaram o IPTU VERDE. Veja na reportagem da Folha.com. 


Bocaina aprovou IPTU VERDE no fim de 2008. Nessa cidade está previsto um desconto de até 3%, conforme o cumprimento das 3 exigências abaixo:
  1. ter árvore, de no mínimo 1,5 metro de altura, plantada a cada 7 metros de testada, na frente da residência. Nesse caso, o morador receberá 1% de desconto; 
  2. ter lixeira suspensa, também em frente da casa, em bom estado de conservação, o que garante ao contribuinte mais 1% de desconto; 
  3. e por fim, ter calçada “em ordem”, que garanta acessibilidade das pessoas nas ruas e outro 1% de desconto no imposto.

Confira em: http://bocainaambiental.wordpress.com/2011/02/22/iptu-verde/
E em: http://portaljau.com.br/noticia.asp?id=1221462&titulo=Bocaina+concede+desconto+no+IPTU+em+prol+do+ambiente

16 de jan de 2012

7 super tendências verdes para 2012

A Revista EXAME.COM fez uma relação das iniciativas sustentáveis, do setor de energia ao da construção e tecnologia, que ajudam a minimizar nosso impacto sobre o planeta e prometem ganhar força este ano.


Entre elas estão:

  • os ecotelhados
  • as edificações de containers
  • os ecotaxis
  • o uso compartilhado de carros (car sharing)



Confira a notícia completa num dos links abaixo:


http://exame.abril.com.br/economia/meio-ambiente-e-energia/sustentabilidade/noticias/7-incriveis-tendencias-verdes-para-2012?p=2#link


http://www.mundosustentavel.com.br/2012/01/7-super-tendencias-verdes-para-2012/

13 de jan de 2012

O Homem que Plantava Árvores

O Homem que Plantava Árvores 
(L'Homme qui plantait des Arbres)

O Homem que Plantava Árvores, vencedor do Oscar de melhor curta de animação em 1988, é um desses contos genuínos e cativantes.

Dirigido por Frédéric Back e baseado na obra homônima de Jean Giono, o curta é sobre Elzéard Bouffier, um homem muito peculiar que, além de cuidar de ovelhas, decidiu corajosamente reflorestar sozinho uma região inóspita e árida da França. O esforço solitário e paciente do pastor foi capaz de erguer uma floresta inteira com ecossistema rico e estável.

O trabalho de Back é primoroso: cada quadro desenhado à mão é uma combinação de detalhes e movimentos surpreendentes e expressivos. A animação tem 30 minutos e é narrada por Christopher Plummer.



Fontes:
Primeira parte do vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=r8A-xk9S_bw


Carta para pedido de homenagem!

"Você gostaria de homenagear o sr. Tanaka dando seu nome ao Coreto da Praça Matriz?"


Foto histórica da "Corporação Musical" de Dourado!
Comemoração do aniversário da cidade, em 1962.
Foto gentilmente cedida por Antônio Demeti, o Déo.



Já temos 40 assinaturas!
A carta poderá ser assinada até o dia 31 de janeiro e continuará online até essa data! 
Assine!



12 de jan de 2012